Compatibilização

O serviço de compatibilização incide em 4 etapas, que são:

  1. Modelagem dos projetos: Todos os projetos CAD que foram reunidos são modelados para serem compatibilizados em 3D (três dimensões), respeitando todas as premissas contidas neles. Os projetos são modelados de forma única, dessa forma aumenta a precisão do processo. Nesta fase já é feita a primeira análise, a fim de identificar possíveis conflitos que impossibilitem a continuidade da compatibilização em algum momento.
  2. Criação de grids: Utiliza-se um ponto de referência coincidentes dos projetos e criam-se eixos na horizontal e vertical a partir deste ponto com determinado espaçamento, a fim de criar um “grid”, facilitando a localização das possíveis incompatibilidades.
  3. Sobreposição de modelagens: Após a modelagem de todos os projetos cria-se uma sobreposição dos projetos a fim de detectar possíveis interferências entre os mesmos. A sobreposição é feita toda em 3D (três dimensões), aumentando assim a eficácia da compatibilização. O ponto de origem para a sobreposição dos projetos é o elevador, pois sugere-se que seja o ponto de maior confiabilidade de posicionamento.
  4. Análise e compatibilização: A análise é feita levando em conta os “grids”, cruzam-se as informações dos projetos e identificam-se as interferências gerando um relatório detalhado destas incompatibilidades.

Compartilhe